Zuckerberg pode morrer a qualquer instante

Publicado por: Editor Feed News
07/02/2024 22:57:12
Exibições: 81
Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook/Anthony Quintano / Wikipedia
Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook/Anthony Quintano / Wikipedia

Executivos da Meta avisam: Zuckerberg pode morrer precocemente

 

A Meta, conglomerado por trás do Facebook, emitiu um alerta urgente aos investidores, destacando os alarmantes riscos associados ao envolvimento do CEO Mark Zuckerberg em atividades de alto risco. No seu relatório financeiro anual, a empresa expressa sérias inquietações sobre as empreitadas recreativas de Zuckerberg, juntamente com outros membros-chave da equipe de gestão.

 

Zuckerberg, notório por sua participação frequente em esportes de combate, atividades radicais e aviação recreativa, coloca-se em situações que apresentam iminentes riscos de lesões graves ou até mesmo morte. O relatório da Meta não hesita em afirmar que qualquer eventualindisponibilidade de Zuckerberg poderia acarretar um impacto significativo nas operações da empresa, ressaltando a "vital importância de seu papel e do de outras figuras-chave para o sucesso da empresa".

 

Este alerta se revela especialmente preocupante no contexto recente de demissões em massa na Meta, que reduziu drasticamente sua força de trabalho para cerca de 67.000 funcionários em todo o mundo nos últimos meses. O relatório destaca as apreensões da empresa quanto à possível perda de Zuckerberg ou de outros membros cruciais da equipe de gestão, alertando para as perturbações potenciais nas operações e os impactos negativos nos negócios que poderiam advir dessa situação.

 

De maneira intrigante, o documento também aborda a rivalidade pública entre Zuckerberg e Elon Musk, fundador da Tesla e SpaceX, ambos bilionários do setor tecnológico conhecidos por suas inclinações a atividades radicais. Embora um confronto direto entre Zuckerberg e Musk ainda não tenha ocorrido, o relatório destaca as constantes notícias sobre o envolvimento de Zuckerberg em artes marciais, atividades radicais como o hydrofoil, e sua recente conquista de uma licença de piloto, amplificando as preocupações da Meta sobre os comportamentos de risco do CEO.

 

Surpreendentemente, apesar dos potenciais perigos associados a essas atividades de alto risco e de suas consequências para Zuckerberg e, por extensão, para a Meta, o preço das ações da empresa disparou após a divulgação do relatório financeiro, criando uma dicotomia preocupante entre os desafios enfrentados pela empresa e o otimismo do mercado de ações.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados