IA Médica: Da Detecção de Tumores à Monitorização da COVID-19

Publicado por: Feed News
21/03/2024 20:45:11
Exibições: 148
Cortesia Editorial Freepik
Cortesia Editorial Freepik

Avanços Tecnológicos na Saúde e Diagnóstico Preciso

 

Cientistas têm desenvolvido uma inteligência artificial capaz de detectar COVID-19 em imagens de ultrassom dos pulmões, utilizando um método semelhante ao reconhecimento facial em meio a uma multidão. Os resultados desse trabalho foram recentemente publicados na revista científica Communications Medicine.

 

Neste estudo, pesquisadores americanos treinaram a IA para analisar imagens ultrassonográficas em busca de linhas B, que são anomalias verticais brilhantes indicativas de inflamação nos pulmões. Comparando imagens computadorizadas com imagens reais de ultrassom de pacientes, a IA consegue identificar possíveis desvios.

 

Lingyi Zhao, coautor do estudo, afirmou: "No início da pandemia, enfrentamos a escassez de imagens de ultrassom de pacientes com COVID-19, o que dificultou o desenvolvimento e teste de nossos algoritmos. No entanto, agora demonstramos que, mesmo com conjuntos de dados computacionais, podemos alcançar alta precisão na detecção dessas características da COVID-19."

 

O uso dessa IA pode ser especialmente útil em hospitais com um grande número de pacientes, onde diagnósticos rápidos e precisos são essenciais.

 

Para o futuro, os cientistas planejam desenvolver dispositivos sem fio que os pacientes possam usar para monitorar a progressão da COVID-19 em suas casas. Tiffany Fong, coautora do estudo, mencionou: "A aplicação ideal seria o uso de adesivos de ultrassom para monitorar o acúmulo de líquidos nos pulmões e alertar os pacientes sobre a necessidade de ajustar a medicação ou consultar um médico."

 

Além disso, essa ferramenta recém-criada também possui potencial para servir como base para o desenvolvimento de dispositivos que monitoram outras doenças, como insuficiência cardíaca congestiva.

 

Vale ressaltar que esse não é o primeiro caso em que cientistas treinam inteligência artificial para fins médicos, pois já houve avanços anteriores, como o diagnóstico de tumores cerebrais durante cirurgias.

 

Compartilhar

Vídeos relacionados