Chantagem e Dor: Viúva de Navalny acusa Putin de desrespeitar os mortos e iniciar uma guerra

Publicado por: Feed News
24/02/2024 15:26:20
Exibições: 87
Divulgação/Redes Sociais/Captura de Tela
Divulgação/Redes Sociais/Captura de Tela

"Você está torturando um homem morto": A viúva de Navalny denuncia Putin e lembra da guerra

 

Yulia Navalnaya, a viúva do falecido líder da oposição russa Alexei Navalny, não apenas acusa o ditador Vladimir Putin de ser responsável pela morte de seu marido, mas também afirma que ele está chantageando sua família ao recusar a entrega do corpo, já se passaram 9 dias desde o falecimento.

Em um emocionante vídeo recente, Yulia Navalnaya acusa Putin de adotar uma fachada religiosa, apontando para o demonismo e a falsa fé do ditador.

 

"Se vocês realmente se consideram crentes, então saibam: vocês responderão por tudo isso, e não só às pessoas. E por isso, e pela guerra que vocês iniciaram há dois anos. Além disso, aliás, se escondendo atrás dos valores ​​do cristianismo. Porque você está lutando contra algum mal ocidental que interfere em nossos laços tradicionais. E você simplesmente mata, apenas bombardeia pessoas pacíficas que dormem à noite com foguetes abençoados na igreja", declarou a viúva de Navalny.

 

Ela denunciou que a família não recebeu o corpo e está sendo forçada a aceitar um funeral secreto, onde ninguém poderá se despedir dele. A mãe de Navalny está sendo chantageada, sendo ameaçada de que algo acontecerá com o corpo se ela não concordar com essas condições.

 

"Dê-me o corpo do meu marido. Queremos realizar um funeral humano e, posteriormente, enterrá-lo no solo, conforme é costume na Ortodoxia. Dê Alexei sem quaisquer condições. Vocês o torturaram enquanto vivo, e agora continuam a torturá-lo enquanto está morto. Vocês estão brincando comigo sobre os restos mortais do falecido: é impossível imaginar maior maldade. Vocês estão violando todas as leis - tanto humanas quanto divinas", expressou Navalnaya.

 

Importante atualizar:

O caso Navalny continua a atrair atenção internacional para os métodos controversos do governo russo.


O vídeo da viúva adiciona uma nova dimensão à narrativa, destacando as alegações de chantagem e desrespeito pelas práticas funerárias tradicionais.


As acusações de Yulia Navalnaya podem intensificar ainda mais a pressão sobre Putin em relação à situação de Navalny e à condução da guerra que ela menciona.


Observadores internacionais estão cada vez mais críticos em relação à postura russa em relação aos direitos humanos e à liberdade de expressão.

Compartilhar