Amplas Sanções dos EUA Contra Rússia em Resposta à Agressão na Ucrânia

Publicado por: Feed News
23/02/2024 18:45:33
Exibições: 35
Cortesia Editorial Pixabay/iStock
Cortesia Editorial Pixabay/iStock

O Departamento do tesouro dos EUA anuncia pacote abrangente de sanções envolvendo quase 300 entidades e indivíduos russos.

 

Os Estados Unidos aplicaram, na sexta-feira, 23 de fevereiro, um extenso pacote de sanções contra a Rússia em resposta à sua agressão militar na Ucrânia. O anúncio foi feito pelo Tesouro dos EUA, através do Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC), e abrange quase 300 entidades e indivíduos.

 

Indivíduos sancionados:

Embaixador da Federação Russa na Bielorrússia, Boris Gryzlov;
Secretário de Estado do Estado da União, Dmytro Mezentsev;
Ministro da Política Nacional, Relações Exteriores, Imprensa e Informação da República da Chechênia, Ahmed Dudayev;
Diretor Geral do OKB Novator, Farid Abdrakhmanov;
Chefe da "administração militar-civil da região de Kharkiv", Vitaly Ganchev;
Diretor Geral de Tulamashzavod, Yevhen Dronov;
Ihor Rakitin, chefe do UFSVP para o Distrito Autônomo de Yamalo-Nenets;
Diretor Geral de novas produções do JSC Zona Econômica Especial PPT Alabuga, Serhiy Alekseev;
Andrii Troshev, membro do PMC de Wagner;
Membro do Parlamento da Moldávia, Maryna Tauber;
Valery Kopeychyn, cidadão da Moldávia;
Diretor da fábrica de reparos de aviação JSC 558 da Bielorrússia, Pavlo Pinigin, entre outros.


Entidades sancionadas:

Sociedade Anônima Russa Alabuga Zona Econômica Especial de Produção Industrial;
Sociedade Anônima Sistema Nacional de Cartões de Pagamento;
Fabricante de carros da marca Aurus;
Rosgeologia;
Sistemas Espaciais Gazprom;
"Rushimalyans”, operadora do projeto de construção do complexo de processamento e liquefação de gás em Ust-Luz;
Empresas de TI T1 e Red Soft;
Complexo de construção naval de Zirka;
Empresa privada de armas Lobaev Arms;
Banco de São Petersburgo e Banco Avangard;
Mineradora de ouro Pivdenuralzoloto, entre outras.

 


O Departamento do Tesouro dos EUA também está processando indivíduos fora da Federação Russa envolvidos na transferência de tecnologia e equipamento para a base militar-industrial russa, incluindo exportadores de países terceiros e intermediários que facilitam a circulação ilegal de produtos russos. Essas medidas buscam conter a evasão de sanções e destacar a responsabilidade de entidades internacionais.

 

Essas sanções seguem uma série de medidas semelhantes adotadas pela União Europeia e pelo Reino Unido em resposta à guerra agressiva da Rússia na Ucrânia e à morte do líder opositor russo Oleksiy Navalny. O presidente dos EUA, Joe Biden, expressou seu apoio às medidas durante um evento de arrecadação de fundos em São Francisco, onde também se encontrou com a esposa e a filha de Navalny para oferecer condolências.

 

Compartilhar

Vídeos relacionados