Arnold Schwarzenegger libertado após confusão por impostos de um relógio

Publicado por: Editor Feed News
18/01/2024 12:19:09
Exibições: 100
Foto: instagram.com/schwarzenegger
Foto: instagram.com/schwarzenegger

 Munique: O incidente aduaneiro com relógio de edição limitada 

 

O renomado ator de cinema Arnold Schwarzenegger passou por um episódio peculiar no Aeroporto de Munique, sendo detido por quase três horas devido a um relógio não declarado. O acessório em questão é um modelo exclusivo, feito sob medida para o astro, e é uma das apenas 20 cópias disponíveis em todo o mundo, fabricadas pelo renomado relojoeiro de luxo Audemars Piguet.

 

Schwarzenegger, conhecido por seus papéis marcantes, como o Exterminador do Futuro, concordou em resolver a situação, comprometendo-se a pagar impostos potenciais sobre o relógio. O montante total acordado foi de 26.000 euros, dos quais 4.000 euros correspondem aos impostos devidos e 5.000 euros são referentes a multas.

 

Entretanto, nem tudo transcorreu sem percalços durante o processo. As autoridades enfrentaram dificuldades ao tentar utilizar a máquina de cartão de crédito por uma hora, levando Schwarzenegger a ser escoltado até um banco para sacar dinheiro em um caixa eletrônico. No entanto, o valor solicitado ultrapassou o limite, e com o banco já fechado, uma nova máquina de cartão de crédito foi providenciada para concluir a transação.

 

Após o pagamento, o aclamado ator foi finalmente liberado, prosseguindo para Kitzbühel, na Áustria, onde participaria da Cúpula Mundial do Clima.

 

O incidente na alfândega não apenas gerou um desfecho financeiro para Schwarzenegger, mas também valorizou o relógio. Inicialmente avaliado em cerca de 20 mil euros, o preço inicial de leilão agora é de 50 mil euros, uma vez que o ocorrido despertou o interesse de dezenas de colecionadores por este modelo exclusivo.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados