Os Houthis ameaçam atacar todos os navios com destino a Israel

Publicado por: Editor Feed News
09/12/2023 21:13:17
Exibições: 142
Um helicóptero militar sobrevoa o navio cargueiro Galaxy Leader no Mar Vermelho foto: Reuters
Um helicóptero militar sobrevoa o navio cargueiro Galaxy Leader no Mar Vermelho foto: Reuters

Os Houthis alertaram todas as companhias marítimas internacionais contra a cooperação com os portos israelenses

 

A milícia Houthi, que opera no Iémen, disse que atacaria todos os navios com destino a Israel, independentemente da nacionalidade, e alertou todas as companhias marítimas internacionais contra fazerem negócios com portos israelitas. Isto é relatado pela Reuters .

Diz-se que o grupo, que é apoiado pelo Irão, aumenta os riscos de conflito regional no meio de uma guerra brutal entre Israel e o grupo palestiniano Hamas.

 

Os Houthis alertaram todas as companhias marítimas internacionais contra a cooperação com os portos israelenses e alertaram que atacariam todos os navios que se dirigissem para lá, independentemente da sua nacionalidade.

“Se a Faixa de Gaza não receber os alimentos e medicamentos de que necessita, todos os navios no Mar Vermelho com destino aos portos israelitas, independentemente da sua nacionalidade, serão alvo das nossas forças armadas”, disse o porta-voz Houthi num comunicado.

 

Acrescentou ainda que este aviso tem efeito imediato.

Israel classificou os ataques aos navios como um “ato terrorista iraniano” com implicações para a segurança marítima internacional.

É importante notar que os Houthis iemenitas são um dos vários grupos do chamado “Eixo da Resistência”, ligado ao Irão, que tem atacado alvos israelitas e norte-americanos.

Recorde-se que os militantes Houthi iemenitas capturaram o navio Galaxy Leader no Mar Vermelho, que poderá ter ucranianos a bordo.

 

O Ministério das Relações Exteriores  reagiu  à apreensão do cargueiro Galaxy Leader no Mar Vermelho, que pode ter cidadãos ucranianos a bordo. Segundo o porta-voz do departamento, Oleg Nikolenko, o Ministério dos Negócios Estrangeiros já instruiu as embaixadas ucranianas envolvidas a verificar esta informação, bem como a contactar a empresa proprietária para saber a composição exacta da tripulação do navio e outros detalhes.

 

Anteriormente, os Houthis declararam que atacariam todos os navios associados a Israel que estivessem ao seu alcance.

 

A tripulação do navio capturado pelos combatentes Houthi no Mar Vermelho  inclui cidadãos de cinco países . 

Com informações da GLAVCOM

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar