Arábia Saudita alertou os EUA: será um desastre uma operação israelense em Gaza

Publicado por: Feed News
27/10/2023 19:09:20
Exibições: 171
Cortesia Editorial NYT
Cortesia Editorial NYT

Um dos funcionários da administração Biden expressou a opinião de que os representantes sauditas não facilitam a invasão de Israel na Faixa de Gaza

 

Nos últimos dias, as autoridades sauditas alertaram veementemente os EUA que a operação terrestre de Israel na Faixa de Gaza poderia ter consequências catastróficas para o Médio Oriente. Isto é notíciado pelo The New York Times.

 

Segundo a fonte da publicação, a Arábia Saudita fez repetidamente este apelo a altos funcionários americanos.

 

Um dos funcionários da administração do presidente dos EUA, Joe Biden, expressou a opinião de que os representantes sauditas aparentemente não facilitam uma possível invasão israelita da Faixa de Gaza. As autoridades sauditas também alertaram os legisladores dos EUA sobre uma possível operação terrestre.

 

O senador Richard Blumenthal, democrata de Connecticut e membro do Comitê de Serviços Armados da Câmara, foi um dos 10 senadores que se reuniram com o príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, o governante de fato do reino, na capital saudita, Riad, no fim de semana passado.

 

“A liderança saudita expressou a esperança de que uma operação terrestre pudesse ser evitada por razões de estabilidade e perda de vidas”, e as autoridades sauditas alertaram que seria “extremamente prejudicial”, disse Blumenthal.

 

Conforme relatado, 2,3 milhões de residentes da Faixa de Gaza ficaram sem Internet e ligações telefónicas devido aos ataques aéreos israelitas.

 

Lembramos que na noite de 27 de outubro Israel realizou a segunda operação no território da Faixa de Gaza. Note-se que as FDI enviaram tanques e tropas para a Faixa de Gaza e atingiram alvos do grupo terrorista Hamas. Os militares disseram que o ataque perto do bairro de Shujaya, no leste da cidade de Gaza, foi realizado por infantaria, combate e forças blindadas. Drones e helicópteros de ataque israelenses forneceram cobertura aérea.

 

Com informações do Glavcom

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar