“Não vamos repetir os erros da Rússia” afirma comandante israelense

Publicado por: Editor Feed News
20/10/2023 21:05:13
Exibições: 110
Sergei Ilnitsky/EPA
Sergei Ilnitsky/EPA

Um comandante da divisão dos tanques israelitas vê como os russos se manobram na Ucrânia. “O tanque não faz tudo”.

 

“Nós vimos como os russos lutaram na Ucrânia e vimos os erros deles”.

O general Hisham Ibrahim, líder da divisão de tanques de Israel, está atento ao conflito na Ucrânia e garante que não vai repetir os erros da Rússia.

 

“Os russos combateram lá como um corpo único, em vez de usarem tácticas de armas combinadas”, afirmou o general no jornal The Economist.

 

Ou seja, os regimentos blindados da Rússia operavam como unidades de tanques separadas, em vez de trabalharem em formações integradas com unidades de infantaria, engenharia de combate e artilharia.

 

Outro erro na sua estratégia militar foi não haver coordenação com os serviços secretos e com o poder aéreo. Houve colunas de tanques enviadas em fila única por uma estrada sem qualquer apoio – e mais facilmente foram abatidas pelos ucranianos. Os militares não tinham treino suficiente e não seguiam as regras.

 

Israel já está a atacar Gaza, para responder à invasão do Hamas, e deverá estar a preparar cerca de 1.000 tanques para essa ofensiva.

 

Um tanque é a única plataforma no campo de batalha que combina mobilidade, proteção e grande poder de fogo.

 

No entanto, Hisham Ibrahim avisa: “Já não olhamos para o tanque como o veículo que consegue fazer tudo. O campo de batalha mudou: está muito mais lotado e construído”.

 

O general israelita assegura que todos os soldados de Israel estão habituados a lutar num contexto de armas combinadas.

 

Com informações da Agência ZAP (PT)

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar