A relação entre alimentos ultraprocessados e o risco de câncer

Publicado por: Feed News
08/02/2024 11:28:25
Exibições: 53
Cortesia Editorial Pixabay
Cortesia Editorial Pixabay

Evidências científicas e recomendações para uma dieta saudável

 

Há evidências científicas convincentes que apontam para uma associação entre o consumo regular de alimentos ultraprocessados, notadamente embutidos, e um aumento no risco de certos tipos de câncer. Embora não seja correto afirmar categoricamente que esses alimentos são altamente cancerígenos, diversos estudos indicam que podem contribuir significativamente para o desenvolvimento da doença.

 

A Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (IARC), vinculada à Organização Mundial da Saúde (OMS), classificou os embutidos como carcinogênicos para os seres humanos. Essa classificação fundamenta-se em evidências epidemiológicas que estabelecem uma associação entre o consumo desses produtos e um aumento no risco de câncer colorretal.

 

Os embutidos passam por processos que incluem adição de sal, conservantes e outros aditivos químicos, além de técnicas como defumação e cura. Durante esses processos, substâncias potencialmente carcinogênicas, como nitrosaminas e hidrocarbonetos aromáticos policíclicos, podem se formar, conforme apontam estudos científicos.

 

É crucial ressaltar que o risco de desenvolver câncer é multifatorial, sendo influenciado por diversos elementos, como estilo de vida, histórico familiar, exposição a substâncias carcinogênicas e outros aspectos da dieta. Consumir embutidos ocasionalmente ou alimentos ultraprocessados não implica necessariamente no desenvolvimento da doença.

 

A abordagem mais eficaz para a prevenção do câncer é adotar uma alimentação equilibrada, fundamentada em alimentos frescos, minimamente processados, e rica em frutas, vegetais e grãos integrais. A redução do consumo de alimentos ultraprocessados, como embutidos, emerge como uma medida benéfica para a saúde global.

 

Recomenda-se sempre buscar a orientação de profissionais de saúde, como médicos e nutricionistas, para direcionamentos personalizados sobre alimentação e estilo de vida saudável, levando em consideração os fatores individuais de cada pessoa.

 

Ronaldo S.

Conteudista da The Mobile Television Network

 

 

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados