Pedaços de pernas, braços e troncos foi o que restou | TVCARUARU.com The Mobile Television Network

As forças especiais ucranianas destruíram uma unidade de militares russos durante uma tentativa de invadir vários assentamentos na região de Donetsk.   Na região de Donetsk, um grupo de mercenários russos do 1º Batalhão do Grupo Tático do 70º Regimento...

ucrânia, holocausto, rússia, políticas, internacional, guerra, nuclear, bombas, kiev, territórios, míssil, foguetes

Pedaços de pernas, braços e troncos foi o que restou

Publicado por: Redação
11/04/2022 12:38:39
Assassinos russos destroçados (Foto: Comando das Forças de Operações Especiais das Forças Armadas da Ucrânia / Facebook)
Assassinos russos destroçados (Foto: Comando das Forças de Operações Especiais das Forças Armadas da Ucrânia / Facebook)

As forças especiais ucranianas destruíram uma unidade de militares russos durante uma tentativa de invadir vários assentamentos na região de Donetsk.

 

Na região de Donetsk, um grupo de mercenários russos do 1º Batalhão do Grupo Tático do 70º Regimento de Fuzileiros Motorizados da 42ª Divisão de Fuzileiros Motorizados e do 58º Exército do Distrito Militar do Sul foram mortos. Trata-se de  assassinos em massa de civis na guerra da Síria.

 

"A unidade destruída incluiu muitos participantes no massacre de civis sírios. Como se viu, a "experiência desses mercenários funcionava apenas com pessoas indefesas, na Ucrânia, essan tática  não ajudou os experientes russos durante o encontro com nossos militares ", diz o comunicado.

 

Anteriormente, foi relatado que a Rússia reorganizou o comando de suas tropas na Ucrânia e agora é chefiada pelo general Alexander Dvornikov, que tem uma "vasta experiência" na guerra na Síria .

 

Por NV.ua

Editado por Mike Nelson

 

 

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Comentários