Voar de moto já é uma realidade no japão | TVCARUARU.com Mobile Television Network

O veículo só está disponível no Japão, onde quem o comprar só o poderá usar em espaços como pistas de autódromos ou outros espaços com circulação mais limitada.   Depois de se lançar no negócio dos drones, a marca japonesa ALI Technologies aventurou-se...

moto, voadora, drone

Voar de moto já é uma realidade no japão

Publicado por: Redação
08/11/2021 12:42:31
Divulgação
Divulgação

O veículo só está disponível no Japão, onde quem o comprar só o poderá usar em espaços como pistas de autódromos ou outros espaços com circulação mais limitada.

 

Depois de se lançar no negócio dos drones, a marca japonesa ALI Technologies aventurou-se novamente pelos céus para testar a sua nova invenção: uma moto voadora Xturismo de edição limitada que começou a ser desenvolvida em 2017. A empresa, que tem marcas mundiais como a Mitsubishi, a Yanmar ou a Kyicera entre os seus clientes, começou a antecipar o lançamento em junho, quando criou um site dedicado ao dispositivo, no qual era possível ver um indivíduo a conduzir a moto por uma encosta rodeada de árvores.

 

Outro evento, ainda que estático, relacionado com a invenção ocorreu em Tóquio a 9 de outubro, quando o dispositivo foi mostrado na loja Daikanyama Tsutaya. No entanto, a primeira demonstração pública aconteceram no final do mês de outubro, numa auto-estrada japonesa.

 

Para já, as informações conhecidas sobre as especificidades são poucas e vagas, mas, ao que se sabe, o veículo de apenas um lugar é alimentado por um motor convencional e motores elétricos. O chassi principal tem um aspeto moderno e é feito a partir de fibra de carbono. Assento sobre dois suportes (frontais e traseiros), com cada um dos cantos a também suporta pequenas estruturas.


Quando está pousada no chão, a moto voadora fica assentada em quatro patins e ocondutor pode montá-la como uma moto normal. As novidade tem 3.7 metros de comprimento e 2.4 metros de largura, pesando cerca de 300 quilogramas. De acordo com a fabricante, poderá transportar um condutor com um máximo de 100 quilogramas, tem um tempo máximo de voo estimado em 40 minutos e pode atingir uma velocidade máxima de 100 km por hora.

 

No vídeo de demonstração divulgado pelo ALI Tech, a Xturismo pode ser vista a levantar voo e a percorrer alguns metros no ar — o condutor consegue ainda fazer uma inversão de marcha no ar. Apesar de não se tratarem de manobras demasiado arriscadas, são passos promissores para os veículos deste género, num mercado que ânsia por novidades.

 

A Xturismo não é, ainda assim, uma novidade no mercado das motos voadoras, como as já apresentadas pela Malloy Aeronautics, Kalashnikov, Hoversurf. A vantagem que a Xturismo apresenta em relação a estas tem precisamente que ver com o seu aspecto e o nível de prontidão para o mercado.

 

Para já, a empresa japonesa vai avançar com a produção de apenas 200 unidades, as quais terão um preço unitário de 680 mil dólares, não sendo claro qual a data para a sua comercialização fora do território japonês. Quem adquirir a moto ficará, contudo, impedido de a conduzir no espaço comum, já que a lei japonesa só permite a circulação de tais veículos em circuitos de automobilismo, como o que foi utilizada para testes.

 

Este regulamentação pode, ainda assim, mudar, já que, recentemente, o município e a ALI Tech protagonizaram uma parceria que tinha como objetivo promover a mobilidade no ar.

 

Originalmente Publicado por: Planeta ZAP //

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Comentários