Pernambuco confirmou, nesta quinta-feira (23.04), 309 novos casos da Covid-19 com 30 novas mortes | TVCARUARU.com TV Para Dispositivos Móveis

Pernambuco confirmou, nesta quinta-feira (23.04), 309 novos casos da Covid-19   Pernambuco confirmou, nesta quinta-feira (23.04), 309 novos casos da Covid-19. Com isso, o Estado totaliza 3.604 ocorrências do novo coronavírus. Desses, 2.591 estão em iso...

corona, virús, pandemia, epidemia, contágio, mortes, china, wuhan, oms, notícias, infectologistas

Pernambuco confirmou, nesta quinta-feira (23.04), 309 novos casos da Covid-19 com 30 novas mortes

Publicado por: Redação
23/04/2020 20:10:13
Courtesy Pixabay
Courtesy Pixabay

Pernambuco confirmou, nesta quinta-feira (23.04), 309 novos casos da Covid-19

 

Pernambuco confirmou, nesta quinta-feira (23.04), 309 novos casos da Covid-19. Com isso, o Estado totaliza 3.604 ocorrências do novo coronavírus. Desses, 2.591 estão em isolamento domiciliar e 578 internados, sendo 134 em UTI e 444 em leitos de enfermaria, tanto na rede pública quanto privada. Além disso, o boletim aponta 123 pacientes já recuperados da doença. Até agora, os casos confirmados estão distribuídos por 98 municípios pernambucanos, além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.

 

Também foram confirmadas laboratorialmente 30 novas mortes (14 mulheres e 16 homens), de pessoas residentes no Recife (14), Jaboatão dos Guararapes (4), São Lourenço da Mata (2), Camaragibe (3), Vitória de Santo Antão (1), Ipojuca (1), Glória do Goitá (1), Custódia (1), Arcoverde (1), Paudalho (1) e Itapetim (1). Os pacientes tinham idades entre 32 e 89 anos e faleceram entre os dias 15 e 23 de abril. As faixas etárias dessas pessoas são: 30 a 39 (1), 40 a 49 (4), 50 a 59 (1), 60 a 69 (9), 70 a 79 (8), 80 ou mais (7). Com isso, totalizam 312 óbitos pela Covid-19 em Pernambuco.

 

Dos 30 pacientes que vieram a óbito, 18 apresentavam comorbidades como histórico de hipertensão (11), diabetes (8), doença cardiovascular (3), asma (2), trombose (1)2, obesidade (1), doença pulmonar obstrutiva crônica (1), pancreatite (1), doença de Chagas (1) e imunodepresão (1). Ainda há 3 sem comorbidades. Os demais estão sendo investigados.

 

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 1.259 casos foram confirmados e 787 descartados. As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Estado foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar os profissionais da área da saúde.

 

RANKING - Pernambuco, pela quarta semana consecutiva, segue em 1° colocado no ranking de transparência, agora isolado, em relação a divulgação das informações sobre a pandemia do novo coronavírus. No levantamento divulgado nesta quinta-feira (23.04), o Estado lidera com 98 pontos, 3 a mais do que na análise anterior. Esse é um índice "alto", o maior da escala. O estudo é realizado pela organização não-governamental Open Knowledge Internacional (OKBR) e contempla todos os Estados brasileiros, além do Distrito Federal e do Governo Federal.

 

"Pernambuco segue o seu compromisso de manter a população informada permanentemente sobre a situação da Covid-19 no Estado. Figurar na liderança do ranking da transparência por quatro semanas seguidas, e melhorando ainda mais a nossa pontuação, ratifica o empenho e o trabalho árduo do Governo de Pernambuco, da Secretaria Estadual de Saúde e de outros órgãos estaduais para lidar com essa pandemia", afirma o secretário estadual de Saúde, André Longo.

 

De acordo com a Open Knowledge Internacional, o aumento da nota de Pernambuco está associado à divulgação nos boletins dos dados sobre a ocupação dos leitos voltados para a Covid-19. A organização ainda informa que apenas 4 Estados (ES, GO, PE e PR) estão divulgando em suas páginas e boletins oficiais a quantidade de testes disponíveis.

 

"Nesta quarta semana do Índice de Transparência da Covid-19, nota-se uma melhora bastante expressiva da disponibilidade de painéis informativos – o percentual de estados que cumprem o item passou de 32% a 75% desde a primeira avaliação", reforça a Open Knowledge Internacional.

 

Também conhecida como Rede pelo Conhecimento Livre, a OKBR é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos e apartidária, atuando no Brasil desde 2013. Desenvolve e incentiva o uso de tecnologias cívicas e de dados abertos, realiza análises de políticas públicas e promove o conhecimento livre para tornar a relação entre governo e sociedade mais transparente e participativa.

 

Fonte: Gov PE

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Ganhe Dinheiro Revendendo Roupas