Comer bem melhora ativamente os sintomas de depressão | TVCARUARU.com Para Dispositivos Móveis

Uma nova investigação, levada a cabo por cientistas da Universidade Macquarie, na Austrália, sugere uma conexão casual entre a dieta e a depressão.   Uma equipa de cientistas da Universidade Macquarie, na Austrália, realizou um estudo controlado e cons...

alimentos, rotulo, embalagem, industrializados, biscoitos, sal, doces, sódio, açucar

Comer bem melhora ativamente os sintomas de depressão

Publicado por: Redação
26/10/2019 11:04:49
AndyRobertsPhotos / Flickr
AndyRobertsPhotos / Flickr

Uma nova investigação, levada a cabo por cientistas da Universidade Macquarie, na Austrália, sugere uma conexão casual entre a dieta e a depressão.

 

Uma equipa de cientistas da Universidade Macquarie, na Austrália, realizou um estudo controlado e constatou que as melhorias na alimentação, com a duração de apenas algumas semanas, podem melhorar o humor e os sintomas de ansiedade.

 

Foram vários os estudos que já encontraram fortes correlações entre os maus hábitos alimentares e a depressão. Apesar de essa correlação observacional parecer clara, os cientistas ficaram divididos sobre se existe uma relação casual entre ambos os fatores: uma má alimentação deprime uma pessoa ou uma dieta má é apenas um sintoma de depressão?

 

Apesar de este estudo ter sido muito pequeno e de pouca duração, fornece fortes evidências que apontam para uma possível relação causal entre a dieta e o humor.

 

Durante a experiência, os cientistas analisaram 76 participantes com sintomas de depressão moderada a alta, e dividiram-nos em dois grupos: um que atuou como grupo de controlo e continuou com os padrões alimentares normais e o outro que alterou a sua dieta para uma alimentação mais saudável.

 

De acordo com o New Atlas, a intervenção durou três semanas e os cientistas acompanharam os participantes durante três meses. Os resultados foram recentemente publicados na PLOS One.

 

Depois de três semanas, o grupo que alterou a sua dieta já apresentava melhorias. A depressão regrediu de moderada a alta para normal e o grupo relatou pontuações mais baixas relativamente a ansiedade, em comparação com o grupo de controlo.

 

Três meses depois da experiência, apenas 21% dos participantes continuaram com uma alimentação saudável. Ainda assim, todos os voluntários do grupo que alterou a sua dieta apresentaram melhorias consistentes no humor.

 

Paul Keedwell, psiquiatra da Universidade de Cardiff que não participou no estudo, considera que os resultados são úteis, mas que as conclusões ainda são limitadas no que diz respeito a considerar que a dieta pode melhorar diretamente o humor. “Embora as descobertas sejam encorajadoras, provavelmente existe um forte efeito placebo a operar no grupo de dieta saudável.”

 

“Portanto, embora seja importante comer uma dieta saudável para ajudar a manter uma boa saúde física e mental, duvido que seja mais importante do que o acesso oportuno a bons cuidados psiquiátricos, exercícios físicos e apoio emocional”, acrescentou o especialista.

 

Os investigadores responsáveis pelo estudo reconhecem as limitações, mas admitem que há poucas desvantagens nesta alteração da dieta. Ou seja, independentemente dos mecanismos causais, uma dieta saudável está relacionada na melhoria do nosso humor.

 

Fonte: Planeta ZAP //

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Ganhe Dinheiro Revendendo Roupas