Adutora do Agreste (PE) recebe mais R$ 39,2 milhões para avanço das obras | TVCARUARU.com Televisão para Dispositivos Móveis

Quando concluída, mais de um milhão de habitantes de 23 cidades receberão as águas do Eixo Leste do Projeto São Francisco   Brasília-DF, 9/11/2018 - O Ministério da Integração Nacional autorizou o repasse, nesta sexta-feira (9), de mais R$ 39,2 milhões...

economia, investimentos, adutora, água, agreste, pernambuco

Adutora do Agreste (PE) recebe mais R$ 39,2 milhões para avanço das obras

Publicado por: Redação
10/11/2018 10:18:36
Courtesy Pixabay
Courtesy Pixabay

Quando concluída, mais de um milhão de habitantes de 23 cidades receberão as águas do Eixo Leste do Projeto São Francisco

 

Brasília-DF, 9/11/2018 - O Ministério da Integração Nacional autorizou o repasse, nesta sexta-feira (9), de mais R$ 39,2 milhões para garantir a plena execução das obras da Adutora do Agreste Pernambucano, localizadas no interior do estado. Desde o último mês de setembro, mesmo a adutora em fase pré-operacional, os moradores do município de Arcoverde já contam com o reforço das águas do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

 

Atualmente, cerca de dez quilômetros da estrutura já estão em testes. A Adutora Moxotó (trecho interligado à Adutora do Agreste) já capta as águas na barragem Moxotó do Projeto São Francisco, em Sertânia (PE). A previsão do governo estadual é de que Pesqueira seja a próxima cidade beneficiada pelo Velho Chico.

 

Os recursos da União são liberados para o governo estadual, responsável pelos serviços. No último mês de outubro, o Ministério da Integração repassou R$ 28,9 milhões para o empreendimento hídrico.

 

A Adutora do Agreste é dividida em duas fases, totalizando 640 quilômetros de extensão, além das interligações. Quando totalmente concluída, a primeira fase vai garantir água para 1,3 milhão de pessoas em 23 municípios da região Agreste do estado.

 

Além de Arcoverde e Pesqueira, outras oito cidades na região também serão contempladas pela Adutora Moxotó, conforme avanço das águas ao longo dos 70 quilômetros de comprimento: Venturosa, Pedra, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim, Tacaimbó, São Bento do Una e São Caetano. Mais de 300 mil pessoas vão ter abastecimento regular em suas casas.

 

Obra

As estruturas de engenharia da Adutora do Agreste incluem, principalmente, a construção de reservatórios e de estações de tratamento que vão permitir o fornecimento de água à população de cidades que têm convivido com a maior seca dos últimos 100 anos.  Ao ser finalizada, a obra irá beneficiar os municípios de Pesqueira, Sanharó, Belo Jardim, Tacaimbó, São Caetano, Caruaru, Arcoverde, Alagoinha, Venturosa, Pedra, Buíque, Tupanatinga, Itaíba, Águas Belas, Iati, Toritama, Santa Cruz do Capibaribe, São Bento do Una, Lajedo, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Bezerros e Gravatá.

 

Garantia de água

Após a inauguração do Eixo Leste do Projeto São Francisco, em 2017, mais de um milhão de pessoas nos estados de Pernambuco e Paraíba recebem as águas do Velho Chico em suas residências.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Ganhe Dinheiro Revendendo Roupas

Vídeos relacionados