João Amoêdo (Novo) subiu de 3% para 6%, revela pesquisa Ipsos | TVCARUARU.com Televisão para Dispositivos Móveis

O Barômetro Político Estadão-Ipsos de setembro aponta que a aprovação aos principais candidatos à Presidência da República teve leve alta neste mês, enquanto os percentuais de desaprovação tiveram pequena queda. Entre os presidenciáveis, Marina Silva p...

pesquisa, mercado, índice, comportamento, consumidor, vigilância, testes, ipsos, dados

João Amoêdo (Novo) subiu de 3% para 6%, revela pesquisa Ipsos

Publicado por: Redação
02/10/2018 10:15:56
Divulgação
Divulgação

Aprovação aos candidatos à Presidência tem leve alta, aponta Ipsos

 

Entre os presidenciáveis, Marina Silva possui o maior índice positivo, com 30%, seguida por Jair Bolsonaro (28%). O ex-presidente Lula lidera o ranking com 48% de aprovação.

 

A aprovação aos principais candidatos à Presidência da República teve leve alta em setembro, aponta o Barômetro Político Estadão-Ipsos, que avaliou 25 nomes de destaque no cenário nacional. A candidata Marina Silva (Rede) tem o maior índice positivo, com 30%, mantendo o resultado de agosto. Em seguida, está Jair Bolsonaro (PSL), com 28%, quatro pontos percentuais acima do que em agosto (24%).

 

“A campanha, nesse período de eleição, mudou algumas tendências para os nomes mais famosos de presidenciáveis. Todos eles melhoraram em aprovação”, analisa Danilo Cersosimo, diretor da Ipsos Public Affairs.

 

Ciro Gomes (PDT) tem 26% de aprovação em setembro, contra 18% no mês anterior. A avaliação positiva de Fernando Haddad (PT) foi a que mais cresceu entre os presidenciáveis, de 8% em agosto para 25%. Geraldo Alckmin (PSDB) também cresceu: de 17% para 23%. Álvaro Dias (Podemos) passou de 9% para 12%, Henrique Meirelles (MDB) cresceu de 5% para 10%, João Amoêdo (Novo) subiu de 3% para 6%, Guilherme Boulos (PSOL) passou de 3% para 4%.

 

Vera Lúcia (PSTU) tem 4%, Cabo Daciolo (Patriota) tem 3%, João Goulart Filho (PPL) e José Maria Eymael (DC) marcaram 2%.

 

 “É difícil se manter em exposição por quatro anos, mas quando você está em exposição você constrói uma imagem. As principais lideranças talvez devessem ter falado mais ao longo dos últimos anos, entre um período eleitoral e outro, sedimentado mais sua imagem”, avalia Cersosimo.

 

O ex-presidente Lula lidera entre os mais aprovados, com 48%, seguido do juiz Sergio Moro, com 38%.

 

Desaprovação da atuação

Por outro lado, os percentuais de desaprovação tiveram leve queda. Entre os presidenciáveis, Geraldo Alckmin lidera com 65%, contra 70% no mês anterior. Jair Bolsonaro aparece em seguida com 64% (contra 61% em agosto).

 

Marina Silva passou de 61% para 60%, Ciro Gomes de 65% para 57%, Henrique Meirelles de 60% para 56%, João Amoêdo de 44% para 52% e Fernando Haddad de 59% para 50%.

 

Álvaro Dias teve aumento de rejeição, de 48% para 57%. O índice de desaprovação de Guilherme Boulos também cresceu de 47% para 49%.

 

O presidente Michel Temer (MDB) continua liderando o índice de rejeição, com 93%. Em setembro, o resultado foi de 94%.

 

O Barômetro Político integra o estudo Pulso Brasil realizado mensalmente pela Ipsos. A pesquisa entrevistou presencialmente 1.200 pessoas em 72 cidades do Brasil entre 1º e 14 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais.

 

A pesquisa completa está disponível neste link: https://bit.ly/2ItTbTl

 

Sobre a Ipsos

A Ipsos é uma empresa de pesquisa de mercado independente, presente em 89 países. A companhia, que tem globalmente mais de 5.000 clientes e 16.600 colaboradores, entrega dados e análises sobre pessoas, mercados, marcas e sociedades para facilitar a tomada de decisão das empresas e das organizações. Maior empresa de pesquisa eleitoral do mundo, a Ipsos atua ainda nas áreas de marketing, comunicação, mídia, customer experience, engajamento de colaboradores, opinião pública e coleta de dados. Os pesquisadores da Ipsos avaliam o potencial do mercado e interpretam as tendências. Desenvolvem e constroem marcas, ajudam os clientes a construírem relacionamento de longo prazo com seus parceiros, testam publicidade e medem a opinião pública ao redor do mundo. Para mais informações, acesse: 

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Ganhe Dinheiro Revendendo Roupas