Recife ganha polo de profissionalização e reúso de eletroeletrônicos | TVCARUARU.com Televisão para Dispositivos Móveis

Com recurso da Fundação BB, Instituto Intercidadania aumentará a oferta de cursos de aperfeiçoamento tecnológico e formará rede de parceiros que trabalham com a cadeia da reciclagem  

reciclagem, reuso, aproveitamento, ambiente, poluição

Recife ganha polo de profissionalização e reúso de eletroeletrônicos

Publicado por: Redação
01/03/2018 12:36:31

Com recurso da Fundação BB, Instituto Intercidadania aumentará a oferta de cursos de aperfeiçoamento tecnológico e formará rede de parceiros que trabalham com a cadeia da reciclagem

 

O Instituto Intercidadania e a Fundação Banco do Brasil formalizaram parceria, na última quarta-feira (21), para a implantação do Polo de Formação Técnica e Reúso de Eletroeletrônico - unidade de formação e vivência prática de metarreciclagem e economia circular.

 

Fruto da fusão entre o Instituto Intercidadania e o Centro Marista Circuito Jovem do Recife, a nova unidade vai receber investimento social da Fundação BB no valor de R$ 758 mil para ampliação no atendimento aos jovens carentes, com oferta de cursos nas modalidades de qualificação profissional e aperfeiçoamento tecnológico.



O polo ainda terá como novidade a implantação da rede de reaproveitamento de equipamento de tecnologia da informação e a destinação adequada de equipamentos eletroeletrônicos pós-consumo, com o envolvimento de empresas, organizações não-governamentais e entidades parcerias que trabalham com a cadeia da reciclagem.



O novo espaço receberá equipamentos, máquinas, ferramentas e veículos necessários aos processos de recebimento, triagem, guarda, desmontagem e reúso dos materiais. Na lista de materiais recuperados estão computadores – desktop e portáteis, impressoras, celulares e centrais telefônicas. Após recondicionados e em plenas condições de reúso, os produtos serão prioritariamente doados a escolas, órgãos públicos e entidades do terceiro setor.



De acordo com Domingos Sávio França, gestor do Polo de Formação, está previsto atender catadores de matérias recicláveis, que estão entre os públicos prioritários da Fundação, para que eles conheçam os variados tipos de materiais e passem a fazer a triagem do que pode gerar renda, além de serem orientados sobre periculosidade do manejo e descarte ambientalmente correto.



“Além dos cursos de mídias sociais e web designer que já oferecemos à população, vamos ampliar a nossa atuação com viés em arranjos produtivos, alinhados às tecnologias sociais nas áreas de inclusão social, reciclagem, inovação tecnológica e espaço de convergência, certificadas pela Fundação BB”, disse o gestor.

 

Outra novidade do projeto será o uso, em breve, do aplicativo Recycler Electronics - desenvolvido para atender as obrigações previstas na Política Nacional de Resíduos Sólidos e necessidades dos geradores de resíduos de equipamentos eletroeletrônicos, oferecendo serviços de coleta e descarte correto do lixo eletrônico. Por meio de um simples toque na tela do celular, os geradores de resíduos (pessoas físicas ou jurídicas) poderão solicitar a coleta para descarte do resíduo. 



Além da capacitação


Reconhecida como referência de inclusão sociodigital, o Instituto Cidadania, em Recife (PE), atendeu mais de 15 mil jovens carentes em cursos e oficinas, encaminhou 3,5 mil participantes ao mercado de trabalho e processou aproximadamente 800 toneladas de lixo eletroeletrônico, em quase uma década de existência. Durante esse período, cerca de quatro mil computadores foram doados para 300 entidades do Nordeste, o que configura o atendimento indireto à cerca de 300 mil pessoas.

 

Para maiores informações sobre os cursos e matrículas, entre em contato pelos telefones (81) 3441-1428 ou (81) 3266-7316.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Ganhe Dinheiro Revendendo Roupas