Em Caruaru acontece a 29ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana | TVCARUARU.com Televisão via Internet

Rodada de Negócios da Moda Pernambucana deve movimentar mais de R$ 16 milhões em vendas   Promovida pela Associação Comercial e Empresarial de Caruaru, com apoio do Governo de Pernambuco, evento será de 11 a 13 deste mês. Total de 171 expositores estão...

shorts, ginastica, revenda, roupa, show, das, feiras, liquidação, oferta, preço, único, só, hoje, compre, agora, tenha, a, sua, você, precisa, tv, shopshow, tv, shirts, shorts, jeans, calça, leggings, delivery, jaqueta, vídeo, vídeos, bordados, tvcaruaru

Mar
11

Em Caruaru acontece a 29ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana

Publicado por: Redação
11/03/2020 09:00:00 - 13/03/2020 14:30:00 -
Divulgação
Divulgação

Rodada de Negócios da Moda Pernambucana deve movimentar mais de R$ 16 milhões em vendas

 

Promovida pela Associação Comercial e Empresarial de Caruaru, com apoio do Governo de Pernambuco, evento será de 11 a 13 deste mês. Total de 171 expositores estão confirmados; entre as novidades, está o destaque para a moda autoral e a estreia no e-commerce

 


Recife 06/03/2020 - Passado o carnaval, é chegada a hora de movimentar o calendário de negócios da moda pernambucana, segmento que fatura quase R$ 6 bilhões por ano e ocupa 250 mil profissionais no Estado. E a temporada de feiras e eventos do setor começa com o lançamento, nesta quinta-feira (5), da 29ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana (RNMP), com uma apresentação para convidados no Mercado Eufrásio Barbosa, em Olinda. O evento é uma realização da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (ACIC) e do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PE), com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco e da Prefeitura de Caruaru.

 

A edição outono/inverno da Rodada de Negócios ocupará o Polo Caruaru, na capital econômica do Agreste, entre os dias 11 e 13 deste mês. Serão 171 marcas expositoras, dispostas em uma área de 6,5 mil metros quadrados - espaço físico 10% maior que no ano passado. Para esta edição, há uma projeção de crescimento de 5% a 10% no volume de vendas, em relação à rodada de março de 2019, que movimentou R$ 16 milhões. A RNMP ocorre em duas edições anuais, uma por semestre. No entanto, a expectativa é que os lucros sejam potencializados com a estreia dos comerciantes na plataforma B2B (business to business) de e-commerce, um dos destaques da Rodada em 2020.

 

“Celebramos a chegada dos 15 anos do projeto, que é o maior do nosso calendário, em um ano emblemático, quando a associação completa 100 anos de dinamismo e relevância. Mas, sem parcerias de primeira hora, públicas e privadas, e a participação de empresários e instituições dos principais municípios que compõem o Polo de Confecções, não seria possível”, reforça o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic), Luverson Ferreira. O empresário reforça que a segunda edição do evento já está com data marcada: será nos dias 29, 30 e 31 de julho.

 

CIRCUITO MODA PERNAMBUCO
Entre as novidades que serão apresentadas aos compradores, está uma ala com 31 marcas de moda autoral de vestuário, jóias e acessórios, que disponibilizarão peças para pronta-entrega nos dias da Rodada. A iniciativa faz parte do programa “Circuito Moda Pernambuco”, que o Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções (NTCPE) irá promover em parceria com a Secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico, o Sebrae e o Senac.

 

“Pernambuco, pela sua riqueza cultural, artística e musical, acaba se tornando um ambiente profícuo para a criação do produto autoral, mas é muito importante tratá-lo também como negócio, promovendo acesso ao mercado e capacitando seus gestores”, defende o presidente do NTCPE, Wamberto Barbosa.

 

“O desenvolvimento da indústria têxtil e de confecções tem sido prioridade para o Estado. Ações para ampliar a inserção dos empreendedores do Agreste no mercado vêm sendo realizadas pelo Governo de Pernambuco por meio de um contrato de gestão. Através dele, apoiamos também o NTCPE na capacitação desses empreendedores de moda autoral, com o objetivo de prepará-los para participar, de forma competitiva, de feiras de moda pelo país afora. E a estreia será na Rodada de Negócios”, destaca a secretária executiva de Políticas de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Maíra Fischer.

 

Vale a pena frisar que, em dezembro último, foi lançada a Câmara Setorial Têxtil e de Confecções, canal de diálogo entre a gestão estadual, empresários e demais representantes do setor que tem por objetivo dar celeridade a projetos estratégicos e criar medidas para estimular o crescimento da cadeia produtiva.

 

No grupo de empreendedores que participaram do “Circuito Moda Pernambuco”, Raul Menezes, criador do Studio 122, ressalta a importância desse tipo de espaço para a divulgação dos trabalhos autorais. Sua marca aposta nos e óculos artesanais e manuais de madeira, como imbuia, revestidos de fibra de coco, tecido ou fórmica. Ele também pretende assinar coleções para outras grifes.

 

“Feiras desse tipo são importantes, pois podemos mostrar nosso trabalho e capacidade produtiva para os pequenos, médios e grandes empresários. Conseguimos nos preparar para ter valores de vendas em grande e em pequena escala, levando em conta o nosso prazo de entrega, por se tratar de uma produção não industrial”, comenta Menezes, que também já participou do Minas Trend, em Belo Horizonte, em outubro de 2019.

 

Co-realizador do evento e peça fundamental na preparação dos empreendedores para esta edição da RNMP e feiras futuras, o Sebrae Pernambuco tem feito um trabalho de longo prazo no Polo de Confecções do Agreste. A gerente da Unidade Agreste Central e Setentrional, Débora Florêncio, reforça que a entidade é parceira desde a criação do projeto, há 15 anos, porque entendia que era necessário agregar valor e melhorar a qualidade das peças produzidas na região.

 

“Era necessário mudar a visão do mercado sobre os produtos do Polo. A Rodada de Negócios foi uma construção coletiva que propiciou essa transformação, com acesso a novos mercados e a melhoria da qualidade da produção. O Sebrae testemunhou e participou, desde o primeiro momento, desta iniciativa que fez e faz história”, enfatiza.

 

2020 MARCA ESTREIA NO E-COMMERCE
Manter as negociações aquecidas durante todo o ano, e não apenas nos dias de realização do evento. O desafio foi lançado pela Associação Comercial e Industrial de Caruaru e já está se tornando realidade graças ao programa “Força Local”, gerido pela Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), cuja missão é incentivar o crescimento sustentável das cadeias produtivas pernambucanas.

 

É que, nesta edição, os expositores aderiram ao e-commerce e vão começar o processo de migração para uma plataforma B2B (Business to Business), para que o mercado se mantenha conectado com os compradores também após a Rodada. As inovações no evento têm o objetivo de expandir o projeto e alcançar novos públicos para os expositores, investindo em tecnologia e qualificação para as empresas participantes. A expectativa é, com a implantação da plataforma, os negócios tenham um ganho de R$ 40 milhões já nos primeiros 12 meses.

 

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Bruno Schwambach, o crescimento ascendente da Rodada da Moda exigia uma estratégia mais bem elaborada para que os agentes produtivos continuassem fazendo negócios com compradores de outros estados não apenas durante o evento, mas o ano todo. “Quando se vê a possibilidade de uma estrutura para manter esse ecossistema ativo, o cenário futuro se torna ainda mais promissor para esse segmento. A plataforma B2B de e-commerce aparece como uma medida proativa de acessar mercados com poder de compra ilimitado”, enfatiza.

 

Inicialmente, 120 indústrias serão beneficiadas e, em um segundo momento, mais 150 empresas vão entrar na plataforma com seus produtos. O orçamento do convênio é de mais de R$ 290 mil, sendo 85% aplicados pelo Estado e 15% pela Acic, como contrapartida.

 

CARUARU MODA MUNDO
A preparação dos participantes desta edição da Rodada de Negócios, mirando o mercado varejista nacional, não para por aí. Nove empresas selecionadas pelo edital do programa “Caruaru Moda Mundo”, da Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Economia Criativa, vão poder colocar em prática os conhecimentos adquiridos através de mentorias recebidas nas áreas de gestão e inovação. Acic, Sebrae e Armazém da Criatividade, através do Porto Digital, apoiam a iniciativa.

 

DIVERSIDADE NAS ARARAS
O mix da 29ª RNMP será composto por, aproximadamente, 170 mil peças nos segmentos surfwear, streetwear, praia, fitness, moda íntima, bebê, infantil, jeans, modas feminina e masculina, além de bolsas, calçados e acessórios, que devem comercializar mais de um milhão de peças no evento. Além do espaço tradicional, que contabiliza o maior número de fornecedores, os espaços “InoveTex”, destinado para fornecedores de produtos e serviços nas áreas têxtil, financeira, logística e de tecnologia, e “Pernambuco que Cresce”, voltado para micro e pequenas empresas, tiveram um incremento no número de expositores e contarão com 19 participantes.

 

HOMENS E A MODA DO SÉCULO
Durante o lançamento oficial da Rodada de Negócios, no Mercado Eufrásio Barbosa (MEB), o designer, especialista em Negócios da Moda e doutor em Comunicação e Semiótica Mário Queiroz fará o lançamento do livro Homens e moda no século XXI (Editora Senac Rio). O autor atua como professor e coordenador de cursos na área e ministrará, na feira, palestra e workshop gratuitos. Ele tem outros dois títulos publicados: O herói desmascarado – a imagem do homem na moda (Editora Estação das Letras e Cores) e Organização de Desfiles (Editora Saraiva).

 

REALIZAÇÃO & APOIADORES
Organizada pela Associação Comercial e Industrial de Caruaru (Acic), a 29ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana e conta com o patrocínio do Banco do Nordeste (BNB), do Governo Federal, da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (SDEC), e tem o apoio da Prefeitura de Caruaru.

 

O Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções de Pernambuco, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), a Associação Comercial e Industrial de Toritama (Acit), a Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap) e o Sindicato das Indústrias do Vestuário do Estado de Pernambuco (Sindivest/PE) são parceiros da iniciativa.

 

 

 

Polo Caruaru, Caruaru Pe

Compartilhar

Ganhe Dinheiro Revendendo Roupas

Eventos relacionados

Vídeos relacionados